Curiosidades Manual do Vinho

Como são feitas as rolhas de cortiça ?

 

Rolha de cortiça

 

As rolhas de cortiça são retiradas de árvores chamadas de sobreiro.

Essa árvore tem grande importância econômica em Portugal. A rolha é um produto natural, são retiradas da natureza para serem diretamente levadas para o fechamento de garrafas de vinho.
A cortiça é retirada da casca dessa árvore à cada nove anos entre os meses de maio e agosto, quando a casca está mais fácil de ser retirada. O processo é feito por profissionais experientes que conseguem realizar o processo apenas com a ajuda de um machado.

As rolhas preferidas para selar os vinhos, são as naturais, inteiramente produzidas da cortiça. Essas rolhas passam por um longo processo de produção que demora meses para ser concluído depois de muito tempo repousando na fábrica e se submetendo a tratamentos modernos.

Os sobreiros são capazes de oferecer de 40 a 60 kg de cortiça por árvore. Aquelas de melhor qualidade serão selecionadas para a confecção das rolhas. As outras serão utilizadas para a confecção de outros materiais.
A cortiça possui inúmeras qualidades que ás vezes não são conhecidas, nem pelos próprios produtores. O motivo de serem tão leves e impermeáveis é que são formadas por milhares de células e gases que se assemelham ao ar. Além disso, são fáceis de comprimir, é isolante térmico e acústico entre outras vantagens.
A cortiça é então um tecido vegetal 100% natural. Nenhuma tecnologia, até hoje, conseguiu criar algo similar ou com as mesmas qualidades que ela possui.
Além de todas essas vantagens e benefícios, a cortiça é um produto inteiramente reciclável, natural e reutilizável. Depois existem aquelas pessoas criativas que ao invés de descartas as rolhas, criam diversos produtos caseiros e até objetos de decoração que deixam o ambiente mais rústico e moderno.
Sem perceber, a rolha se torna útil e agradável, atraindo mercados de diversos segmentos.
É importante lembrar que as grandes quantidades de cortiça retiradas dos sobreiros não prejudicam em nada no seu desenvolvimento enquanto árvore. Além do produto extraído, ser totalmente aproveitado para a fabricação e confecção de diversos produtos.

Algumas propriedades da cortiça a torna única, só oferecendo vantagens no seu uso:

• Leves: metade do seu volume é ar
• Impermeável: graças a propriedades contidas nas suas células
• Elástica: flexibilidade adquirida pelas suas células
• Isolante térmico e acústico: excelente isolante de som, calor e vibrações
• Lenta combustão: retardo natural ao fogo
• Hipoalergénica: evita aparecimento de ácaros e a absorção de pó
• Resistente: não é afetada pelo impacto e é resistente ao desgaste
Outras características e vantagens da cortiça podem ser essenciais se você planeja usá-la para a confecção de algum produto. Para os produtores de vinhos, essa é a melhor alternativa para garantir a qualidade do produto por muitos anos dentro de sua garrafa.
Como são feitas as cortiças
GrupoB-industria-nunocorreia-fabricasnorte-3
O processo de produção da cortiça começa com a extração do produto dos sobreiros. Esse processo é chamado de descortiçamento e só pode ser realizado por especialistas para não prejudicar a árvore em relação ao seu desenvolvimento.
Esse processo é executado em seis etapas por duas pessoas que já são preparadas para fazer esse procedimento.
Para o sobreiro começar a produzir a cortiça, são necessários pelo menos 25 anos ou até atingir 70 cerca de 70 centímetros de perímetro. Após isso, ele poderá ser explorado durante 150 anos.
O processo de produção das rolhas de cortiça é diferente dos demais processos que utilizam o material.

 

Curiosidades sobre a cortiça

Já vimos quantas são as vantagens que o sobreiro pode nos proporcionar, e existem curiosidades sobre ele que são incrivelmente interessantes e úteis.
• Vive em torno de 150 anos
• No mundo, há 2,3 milhões de hectares de sobreiro
• A extração da cortiça é feita a cada 9 anos
• Só em Portugal, são 700 mil hectares da árvore
• Cada rolha de cortiça tem em torno de 800 milhões de células
Agora que você já conhece como são feitas as rolhas de cortiça, basta ter criatividade e não dercartá-las pois elas poderão ser úteis de diversas formas após o uso na garrafa do vinho.

 

Sobre o autor | Website